Hela

Deuses - Mitologia Nórdica 

 

 Card 082

  • Os Deuses

    Os deuses são muito poderosos.

    "E chegará o tempo em que os deuses ouvirão o clamor de seus sacerdotes."
    (os deuses não precisam de livros que os ensinem como manusear a magia, pois eles as criaram)

    Os Deuses influenciam nas batalhas, lutando contra o inimigo daqueles que tem o seu favor.

    Importante: Os deuses lutam uma batalha e retiram-se da guerra, até que alguém conquiste seu favor novamente.

    Para se aproximar de um deus e lutar diretamente com ele e seus upgrades (arma, montaria etc..), primeiro é necessário sobreviver a seus poderes.

    Obs.: Deuses são imunes a muitos poderes, somente raras magias criadas diretamente contra os deuses, podem atingi-los

    * Se dois deuses se enfrentarem, aquele que for vencido (deuses não podem morrer), retira-se da batalha. E o outro continua a enfrentar os inimigos de seu favorecido.

     

Área de Batalha:

  1. Água = 20
  2. Terra = 50
  3. Céu = 20

Ataque e Defesa

  1. Sabedoria = 30
  2. Destreza e Força = 50
  3. Poderes = 30

  4. Fogo = 35

 

 Jogo

O NUC Cards é um jogo de mesa. Com tabuleiros que representam as terras dos oponentes e o campo de batalha.
Os personagens existem atemporalmente. Em uma mesma era, personagens históricos, mitológicos e literários se encontram neste jogo.
Um jogo de oxigênio épico de grandes reis, guerreiros notáveis, heróis e anti-heróis, magos poderosos e Deuses entre seres e criaturas...
Cadastre-se e tenha acesso a detalhes das regras e mais cards.
Colecione!

 

Hela

Deuses - Mitologia Nórdica

Na mitologia nórdica, Hela (Hel ou Hell) é a deusa do Reino dos Mortos, igualmente designado por Hel. É filha de Loki e da gigante Angrboda, irmã mais nova de Fenrir e da serpente Jörmungund, do oceano que circunda Midgard.

Hel foi banida por Odin para o mundo inferior que recebeu seu nome, Helheim, que fica nas profundezas de Niflheim. Helheim fica às margens do Rio Nastronol, que equivale ao Rio Aqueronte da mitologia grega. Lá, recebeu o poder de dominar nove mundos ou regiões, onde distribui aqueles que lhe são enviados, isto é, aqueles que morrem por velhice ou doença.

Como agradecimento por fazê-la governante do mundo inferior, Hela deu a Odin os seus dois corvos Hugin e Munin , que são os mensageiros entre Asgard e os outros reinos.

Seu palácio chama-se Elvidner, sua mesa era a Fome, sua faca, a Inanição, o Atraso, seu criado, a Vagareza, sua criada, o Precipício, sua porta, a Preocupação, sua cama, e os Sofrimentos formavam as paredes de seus aposentos. O reino de Hela era guardado pelo cão Garm.

Hela podia ser facilmente reconhecida, uma metade de seu corpo era de uma linda mulher, a outra parte de um corpo terrível em decomposição.

A personalidade da deusa Hel difere das dos deuses do mundo inferior das demais mitologias: Ela não é boa e nem má, simplesmente justa. Quando os espíritos dos bondosos, dos doentes e dos idosos eram trazidos à sua presença, ela cuidava deles e lhes dava conforto. Mas àqueles a quem ela julgava como maus, impiedosamente os arremessava nas profundezas geladas de Niflheim.

De acordo com as lendas, Hela não podia ser derrotada em seu mundo e nenhum deus se dispunha a enfrentá-la em seus domínios, nem mesmo Odin ou Thor.

Não há nenhuma passagem ou relato que diz que a deusa, alguma vez, deixou os seus domínios mesmo que por um instante (como Hades, por exemplo, que saiu do submundo para sequestrar Perséfone).

De acordo com as lendas, Hela também não teve participação no Ragnarök - fim do mundo da mitologia nórdica, preferindo ficar em seus domínios e não tomar partido nenhum.

O termo inglês Hell (Inferno em português) origina-se do nome desta deusa.

 

 


NUC Cards ® 2019
Raciocínio e estratégia.
Um jogo avançado de estratégia underground em geração.

Free Joomla! templates by AgeThemes